SEJA BEM VINDO AO NOSSO BLOG.

OBRIGADO PELA VISITA. VOCÊ É MUITO IMPORTANTE PARA NÓS.

Além de visitar, PARTICIPE, opine, dê idéias, escreva textos e faça conosco esse blog. Estamos sempre esperando por você. VOCÊ é essencial para nós.

FAÇA O BLOG CONOSCO, ALÉM DE ACESSÁ-LO, VOCÊ TAMBÉM pode NOS ENVIAR INFORMAÇÕES, NOTÍCIAS, DENÚNCIAS...

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Promessa é Dúvida!

Pobres cidadãos de bem, estão cansados, de promessas, de conversas, de campanhas eleitorais e de ouvirem de que a culpa é de quem lá esteve, e quem agora lá está não tem culpa de nada!
Em período eleitoral, muito antes de exercerem o poder, os postulantes ao Prêmio “Óleo de Peroba”, demonstram ter total conhecimento das dificuldades, prometem soluções para tudo, novos tempos, novos estados de situação, mas o que se verifica é que quando chegam ao poder mudam radicalmente a postura, e a primeira medida que tomam é responsabilizar o anterior executivo, e o curioso é que estes consecutivamente culpam quem esteve antes, para posteriormente serem acusados, por quem vier a sucedê-los.
Porque será que isto acontece?
Pobre povo sofre diariamente as agruras de governos irresponsáveis, incultos, neófitos e desprovidos de responsabilidade.
Nossos bem falantes intitulados os “servidores do povo”, “os defensores da plebe”, quando, na verdade, são os abutres que lhes saqueiam a carne ou mais conveniente “o bolso”, ao tomarem posse juram cumprir com lealdade as funções que lhes são confiadas. No entanto, é terrivel e dolorosa a dúvida da sociedade quanto a saber se, apesar desse juramento, em qual situação estes politicos falam a verdade, e no caso de isso alguma vez, eventualmente, acontecer, como saber qual é o momento e a afirmação em que podem fiar-se.
Porque, o Governo entre o interesse público e privado fica com o privado, especialmente, aqueles que possam financiar campanhas eleitorais.

As pessoas perderam o interesse e mantêm profundo desencanto com a política e com os políticos em geral. A descrença da sociedade pela política ou pelos atos decisórios dos governos em âmbito federal, estadual e municipal, é fruto das constantes e afrontosas injustiças sociais que conduzem as pessoas a um maior afastamento do ato cívico e ao desprezo repugnante aos políticos, e isto é preocupante porque não devemos nos desligar da política, quanto mais deixarmos de votar, que mais do que um direito, é um dever. E não podemos esquecer que se hoje temos a liberdade de escolher, de votar, foi porque alguém lutou, sofreu e muitos perderam a vida a lutar por esse direito.

A diretriz, para sarar as feridas causadas pelas mazelas e insalubridades sociais, idealizadas por políticos desonestos é sem dúvida a Educação. Pois um povo educado é um povo consciente, que sabe o que quer.
Porém convém lembrar que não só a população necessita educar-se, mas principalmente os políticos, pois em se tratando de ciências Políticas a maioria são verdadeiros analfabetos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário