SEJA BEM VINDO AO NOSSO BLOG.

OBRIGADO PELA VISITA. VOCÊ É MUITO IMPORTANTE PARA NÓS.

Além de visitar, PARTICIPE, opine, dê idéias, escreva textos e faça conosco esse blog. Estamos sempre esperando por você. VOCÊ é essencial para nós.

FAÇA O BLOG CONOSCO, ALÉM DE ACESSÁ-LO, VOCÊ TAMBÉM pode NOS ENVIAR INFORMAÇÕES, NOTÍCIAS, DENÚNCIAS...

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Governo da Reconstrução na Paraíba?

Historicamente o impoluto Governador da Paraíba José Targino Maranhão nunca foi testado nas urnas em disputas eleitorais. Governador por acaso com a morte do saudoso Antonio Mariz, Maranhão montou aquela presepada de exilar todo PMDB para enfrentar Gilvan Freire numa reeleição mamão com açúcar. Depois, perdeu com Roberto Paulino, e novamente para Cássio consolidando sua dupla derrota eleitoral.

Num estado democrático a vontade da maioria é Lei.
Será?

Assumiu no tapetão o governo em 2009, e hoje se sente governador, tendo que acostumar-se com a insatisfação de mais de um milhão de pessoas que não optaram por seu nome para está governando a Paraíba pela terceira vez, fato este facilmente comprovado com as rotineiras vaias recebidas em suas aparições nos eventos públicos realizados nas diversas cidades do estado.

No inicio de 2009 anunciava uma tal caravana pela reconstrução da Paraíba, que agora, a pouco mais de cem de dias da nova gestão já apresenta resultados:

Confira suas principais ações no município de Catolé do Rocha nos seus primeiros 100 dias de governo:

1- Cancelamento do cheque referente ao patrocínio do governo do Estado para o carnaval de Catolé do Rocha no valor de R$ 200.000,00;

2- Retirou o repasse mensal no valor de R$ 45.000,00, para o Hospital Municipal de Catolé do Rocha;

3- Retirou o repasse mensal no valor de R$ 15.000,00, para o Hospital Infantil de Catolé do Rocha, Ermina Evangelista;

4- Cancelou o Projeto de abastecimento de água das comunidades catoleenses de Rancho do Povo, Catolé de Baixo e Picos no valor de R$ 1.200,000,00;

5- Suspendeu o fornecimento do material para emissão de carteiras de identidade que o estado enviava a Prefeitura;

6- Por motivos desconhecidos, não efetuou o pagamento de alguns funcionários, do 8º Núcleo Regional;

7- Cancelou o Convênio de Transporte Escolar com a Prefeitura de Catolé do Rocha;

8- Desativou o CREA e suspendeu a entrega de documentos de Identidade no Centro Social de Catolé do Rocha;

9- Cancelou o Projeto no valor de R$150.000,00 para a construção do Posto de Saúde do Bairro Tancredo Neves, Catolé do Rocha;

10- Cortou o pagamento do auxílio transporte para os pacientes que fazem hemodiálise;

11- Tomou as duas ambulâncias do estado que davam assistência aos pacientes do Hospital Municipal de Catolé do Rocha;

12- Trocou a licitação no valor de R$ 5.000.000,00 feita pelo governo anterior para a construção do asfalto da estrada que liga Catolé do Rocha a Patu por outra no valor de R$ 1.000.000,00;

13- Perseguição aos policiais militares de Catolé do Rocha que não são aliados do atual governo, transferindo-os para municípios distantes;

14- Perseguição aos professores e diretores das escolas estaduais de Catolé do Rocha que não são aliados do atual governo;

15- Implantou o Nepotismo em Catolé, nomeando exclusivamente os parentes do Deputado da reconstrução (Gervazio Filho).


"É uma situação sui generis, que só acontece na Paraíba: a regressão. Geralmente saímos de uma situação que não tinha nada para a obra, aqui saímos da obra para nada. No dia de hoje (ontem) o que nós vimos foi algo que todo paraibano já conhecia, porque em todo município você vai, encontra uma obra inacabada. Mas, na verdade, o que encontramos foram obras abandonadas".

(José Maranhão) durante sua passagem por catolé do rocha, na então caravana da reconstrução.

Nenhum comentário:

Postar um comentário